Josiane Ap. Gomes Figueiredo. Professora titular e Coordenadora do Programa de Residência Pedagógica no Curso de Ciências Biológicas da Universidade Estadual do Paraná /UNESPAR - Campus de Paranaguá.  Pesquisadora na Formação de Professores e Práticas Pedagógicas no Ensino de Ciências e Biologia, josiane.figueiredo@unespar.edu.br  Roberta Ravaglio Gagno. Professora titular e Coordenadora Institucional do Programa Residência Pedagógica da Universidade Estadual do Paraná - UNESPAR - Campus Curitiba 1. Pesquisadora sobre a Formação de Professores e em Políticas e Gestão de Ensino,  roberta.ravaglio@unespar.edu.br Resumo: A fim de formar professores reflexivos e preparados para atender as exigências de sua atividade profissional almeja-se um aprendizado participativo, correlacionando o conhecimento prático e teórico. O primeiro contato com a docência pode ser realizado por meio do estágio curricular e atualmente através de programas pertencentes à Política Nacional de Formação de Professores do Ministério da Educação como o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) e o de Residência Pedagógica (RP). É importante analisar como foi concretizada a aproximação entre Universidade e Escola na formação de licenciandos do RP desenvolvido no Curso de Licenciatura de Ciências Biológicas da UNESPAR, Campus Paranaguá. Neste contexto, o objetivo deste trabalho é descrever reflexões sobre a qualidade de ensino, o engajamento de futuros docentes, o feedback dos alunos, os obstáculos dos acadêmicos e a ações que podem tomadas para uma educação de qualidade. Todas as reflexões e apontamentos tratam de um trabalho coletivo no qual os componentes foram elencados nas reuniões realizadas semanalmente e foram sendo paulatinamente discutidos e refletidos entre preceptores, residentes e coordenação. Buscou-se identificar os principais componentes norteadores entre a Universidade e a Escola favorecendo espaços híbridos de formação e aproximação entre a teoria e a prática. Percebe-se que quando tem-se o discurso de educação de qualidade a mesma requer um projeto pedagógico bem estruturado, infraestrutura adequada, metodologias inovadoras, tecnologias de ensino, docentes capacitados e alunos motivados pois mesmo diante de tantas ferramentas inovadoras no campo da educação e em ascendência hoje, o professor e o aluno de graduação que participa dos programas mencionados acima e, ou desenvolve o estágio curricular nas escolas ainda encontram muitas dificuldades em sala de aula, principalmente no que diz respeito à motivação dos alunos para a aprendizagem.  Palavras-chave: Professor, Educação, Ensino-aprendizagem.