Gerência da Evolução Contínua: Dívida Técnica

Abstract

A necessidade de gerar produtos e soluções de software de forma adequada à expectativa do cliente resultou na adaptação dos formatos de entrega de software, para que esse possa ser feito de forma contínua, sem que haja dependências relacionadas a outras possíveis entregas que poderiam atrasar o que é de fato prioritário. Ferramentas que apoiam o desenvolvimento de software foram adequadas ou desenvolvidas para suportar esse fim, assim como o processo do desenvolvimento também teve de ser adaptado. Com isso, decisões devem ser tomadas nas mais diversas atividades do processo de desenvolvimento e podem gerar dívidas futuras, pois o escopo completo é desconhecido. Esse trabalho busca descobrir as influências da Engenharia de Software Contínua [ESC] na geração e percepção dos variados tipos de dívida técnica [DT] presentes na literatura, levantando hipóteses e indícios sobre essa relação. Serão propostos experimentos e outros estudos que possam validar as hipóteses feitas, ou para que os possíveis erros decorrentes da atribuição dessas hipóteses sejam identificados.